11/08/2011

Chás


 




    Hoje, existem mais de 2000 variedades de chás. A grande maioria ainda é servida com leite ou limão. Aqui no Brasil existem várias misturas de diferentes chás (de grande qualidade) como os cítricos, flores e frutas, pomar, silvestre, além dos chás de limão, alho, hibisco, carqueja, capim-limão, camomila, anis e boldo.
   Os chás podem ser bem saborosos dependendo da escolha. Como são preparados a partir de plantas medicinais deve-se ter cuidado na escolha e sempre preferir variar.  O ideal é utilizar ervas desidratadas e orgânicas (potes escuros em que o chá venha desidratado, conservam melhor os princípios ativos). Quanto aos sachês, prefira os de embalagem mais fina (que não sejam de papel).
   A forma mais comum de preparar a maioria dos chás é através da infusão: colocamos o chá no recipiente (ou infusor), acrescentamos a água fervente, tampamos e abafamos por 3 a 5 minutos. Após o chá pode ser coado (ou retirado do infusor) e está pronto. Seu consumo deve ser por no máximo 12h.        

    Para acompanhar receitas de bolos e tortas light prefira os mais suaves . Pode-se usar canela, cravo, cascas de frutas e hortelã para incrementar o sabor.

                                           Converse com seu nutricionista sobre esta utilização.

Lembre-se que tudo que é demais pode fazer mal ao organismo. Equilíbrio é fundamental.
Nada de chá milagroso!
Prefira não adoçar.



Observe os seguintes horários:
Chás diuréticos: no decorrer do dia, preferência manhã.
Chás antiácidos: 30 min antes das refeições.
Chás digestivos: 30 min depois das refeições.
Termogênicos: pela manhã, pois são estimulantes.
Calmantes: antes de dormir.


Vamos fazer um chá de frutas e receber os amigos?



Um comentário:

  1. Adorei o blog! super interessante!
    qto ao post, eu amo chá.

    bjsss

    ResponderExcluir