28/12/2010

Nutrição durante a amamentação

Bom dia gente!
Resolvi postar algumas dicas para esta fase (em especial para Thamara e para Aline!)
Após o nascimento, as mamães ficam muito aflitas para perder peso depressa. É importante lembrar que você levou 9 meses para desenvolver e formar este corpo, e radicalmente na hora do parto já perdeu mais de 3 kg...
Para quem está amamentando no seio, as necessidades nutricionais são similares àquelas da gestação ou maiores. Um pouco das calorias que você armazenou na gestação servirá para produção de leite. Não é recomendado fazer dietas restritivas durante a amamentação, pois pode reduzir a produção de leite. Depois que a produção estiver estabelecida (em torno de 3 meses podendo variar), uma perda de peso gradual é normal, necessária e não interfere na amamentação.

Sugestões:
- Maior variedade de alimentos (de boa qualidade)
- Muito líquido (2l ou 8 a 10 copos / dia), suco, sopas, água.
- Lanches pequenos e frequentes
- Grupo do leite: aumente para 5 porções/dia
- Evite álcool e cafeína, pois passam para o bebê.
- Evite medicamentos, somente com permissão  médica.


A partir do 3º mês já podemos pensar no peso das mamães.
É hora de continuar uma alimentação saudável. Provavelmente aqui as mamães já tenham perdido a maior parte do peso ganho na gestação. Se não, hora de aumentar gradualmente a atividade física, como caminhadas. É provável que leve mais 9 meses para voltar ao peso pré gestacional.

- Comece limitando os alimentos ricos em gordura. como molhos de salada, maionese, chips, bolos e biscoitos.
- Use métodos para cozinhar com pouca ou nenhuma gordura, como assar, grelhar, cozinhar no vapor.
- Cuide o tamanho das porções.

Exercícios:
- Verifique com seu médico o quanto de exercício é adequado para você.
- Perder 300 a 500 gramas por semana é a maneira mais segura e eficaz.
- Caminhe e passeie com seu bebê.
- faça a atividade ser um hábito diário.

4 comentários:

  1. obrigada querida...
    Deu para eu ter uma ideia ampla daquilo que vou fazer... sem me preocupar...
    tratarei de evitar os fritos e tudo aquilo que nao faz parte de uma alimentacao saudavel


    bjs

    ResponderExcluir
  2. Não sei se foi pra mim, mas como sou gestante aproveito as dicas, heheh! Ainda bem que não estou engordando muito e tenho uma alimentação rica em frutas, legumes e livre de frituras.
    Mas como dizem que se começa a ganhar peso após os 5 meses, estou aguardando pra ver, mas sempre de olho na balança. hehehe
    Abraço

    ResponderExcluir
  3. sou paraense, tenho 30 anos, sou casada e tenho 1 filho de 10 anos, vou contar um pouquinho de minha história, no ano passado devido a problemas engordei 15 quilos, fiz todas as dietas da moda, (do chá verde, da linhaça, da sopa), nossa tudo que você possa imaginar, daí comecei com uma reeducação alimentar,e consegui emagrecer 10 quilos, mas com trabalho, filho, marido, casa, desviei o foco e engordei tudo de novo, quero muito chegar aos 60 quilos, assim como eu, quero que muitas mulheres possam começar junto comigo essa luta diária, prometo postar sempre e colocar fotos dos alimentos que consumir, todos os dias, como moro no Pará, vocês irão ver muitas frutas diferentes, e comidas um tanto estranhas, mas é isso aí, irão conhecer a verdadeira comida paraense.

    ResponderExcluir
  4. Ministério da Saúde28 de dezembro de 2010 14:13

    Dê ao seu filho o que há de melhor. Amamente!
    Quando uma mulher fica grávida, ela e todos que estão à sua volta devem se preparar pra oferecer o que há de melhor para o bebê: o leite materno.
    É muito importante, tanto para o bebê como para a mãe, amamentar até os dois anos de idade ou mais. O leite materno é o únio alimento que o bebê precisa, até os seis meses. Só depois se deve começar a variar a alimentação.
    Acontece que nem todas as mães sabem de todos os benefícios e deixam de amamentar mais cedo. Você pode ajudar nessa campanha divulgando materias e informações.
    Caso se interesse pelo tema, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br e participe!


    Ministério da Saúde

    ResponderExcluir